Papa pede que os rancores sejam esquecidos em 2002

O papa João Paulo II pediu neste domingo aos povos do mundo que deixem para trás os ressentimentos à entrada do ano novo de 2002. "Cada ano traz consigo alegrias e dores, problemas e novas perspectivas", disse o papa à multidão de turistas e peregrinos que foram hoje à Praça de São Pedro. "Convido a todos a terminarem 2001 dando graças a Deus, deixando para trás qualquer rancor, para começar 2002" com amor e paz. O pontífice destacou que na segunda-feira, último dia deste ano, oficiará uma cerimônia noturna de ação de graças na Basílica de São Pedro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.