Papa pede que países superem incompreensão sobre Ucrânia

O papa Francisco pediu, neste domingo, para que todos os lados envolvidos na crise da Ucrânia superam a "incompreensão" e apelou para que a comunidade internacional promova o diálogo entre ucranianos e russos.

Agência Estado

02 de março de 2014 | 12h05

"Peço-lhes novamente para rezar pela Ucrânia, que está passando por uma situação delicada", disse o pontífice durante sua bênção semanal do Ângelus, da janela do Palácio Apostólico Vaticano. "Espero que todos os lados do país trabalhem para superar incompreensões e para construir o futuro da nação juntos", afirmou Francisco aos fiéis presentes na Praça de São Pedro.

"Eu faço um apelo urgente à comunidade internacional para apoiar qualquer iniciativa a favor do diálogo e harmonia", concluiu o papa.

Neste domingo, a Ucrânia afirmou que convocaria todos os reservistas militares, após ameaça do presidente russo Vladimir Putin de invadir o país vizinho. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
UcrâniaRússiapapa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.