Papa pede soluções pacíficas e justas para o Líbano

Neste domingo, o Papa Bento XVI pediu à comunidade internacional esforços "para encontrar urgentes soluções pacíficas e justas" para o Líbano e o Oriente Médio.Após a oração dominical do Ângelus, Bento XVI expressou sua preocupação com a situação no Oriente Médio, "onde momentos de esperança para a solução da crise na região se alternam com tensões e dificuldades que fazem temer mais violência".O Papa lembrou, especialmente, a difícil situação no Líbano onde "vivem juntos homens de diferentes planos culturais e religiosos que querem edificar uma nação de diálogo e de convivência e para conseguir o bem comum".Após destacar a preocupação expressada em comunicado naquarta-feira, 6, pelo patriarca Nasrallah Butros Sfeir e pelos bispos maronitas, o Pontífice pediu aos libaneses e a seus representantes políticos "que atuem exclusivamente pelo bem do país e a harmonia entre suas comunidades".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.