L'Osservatore Romano/Pool via AP
L'Osservatore Romano/Pool via AP

Papa recebe o cardeal de Caracas para conversar sobre a Venezuela

Francisco se pronunciou diversas vezes a favor do diálogo para a solução da crise da Venezuela

O Estado de S.Paulo

29 Setembro 2017 | 19h23

CIDADE DO VATICANO - O papa Francisco recebeu nesta sexta-feira, 29, no Vaticano, o cardeal venezuelano Jorge Urosa Savino, arcebispo de Caracas e um dos maiores críticos do governo de Nicolás Maduro, que deu informações sobre a situação atual de seu país. 

"O papa está muito empenhado, muito interessado (em compreender a situação da Venezuela). Ele me confirmou durante essa cordial audiência da qual pude participar", declarou o cardeal ao término da reunião, em declarações ao correspondente em Roma da emissora colombiana W Radio

+ Papa anuncia estar redigindo documento sobre notícias falsas

"É um alento e um motivo para que todos os venezuelanos nos unamos em favor da liberdade, justiça, democracia, do progresso e contra a fome e a opressão", explicou o cardeal, que apresentou sua aposentadoria ao cargo, após fazer 75 anos de idade em agosto passado, conforme normas do Vaticano. 

O papa se pronunciou em diversas ocasiões a favor do diálogo entre as partes relacionadas à crise na Venezuela. Ao fim de sua viagem à Colômbia em setembro, pediu ajuda para a Organização das Nações Unidas (ONU) na questão humanitária. 

+ Papa doará US$ 150 mil para vítimas do terremoto no México

"O papa mostrou afeto pelo povo venezuelano, pelos que estão sofrendo, pelos mais pobres, que são os que estão sofrendo mais", comentou Urosa. O cardeal voltou a criticar o governo de Maduro, que "insiste em estabelecer um sistema político e econômico fracassado, que levou o país à ruína, à fome e à pobreza extrema a muitas pessoas", disse. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.