Papa recebe rei da Jordânia no Vaticano

O rei da Jordânia, Abdullah II, reafirmou sua disposição "para trabalhar em conjunto com a Igreja Católica no compromisso pela paz e pelo diálogo inter-religioso" no Oriente Médio.

AE, Agência Estado

07 de abril de 2014 | 17h29

A declaração foi divulgada pelo Vaticano após uma reunião do monarca com o papa Francisco. O encontro aconteceu no modesto hotel em que o pontífice vive, em lugar do tradicional Palácio Apostólico, e ocorreu em uma "atmosfera cordial e informal", informou a Santa Sé.

Francisco deixará o Vaticano rumo à Jordânia no dia 24 de maio, na primeira parada de uma peregrinação de três dias que também terá como destino a Cisjordânia e Israel. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
JordâniaPapa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.