REUTERS/Alessandro Di Meo
REUTERS/Alessandro Di Meo

Papa reconhece que falou três vezes com Santos sobre o acordo com as Farc

Francisco retornou hoje a Roma após visita a Cuba e EUA

O Estado de S. Paulo

28 Setembro 2015 | 11h20

O papa Francisco disse nesta segunda-feira, 28, a bordo do avião papal, que está "muito contente" pelo princípio de acordo de paz na Colômbia e reconheceu que falou até três vezes sobre o assunto com o presidente colombiano, Juan Manuel Santos. O pontífice regressou hoje para Roma após visitar Cuba e Estados Unidos.

A declaração foi feita aos meios de comunicação internacionais quando perguntado sobre o acordo, denominado "jurisdição especial para a paz", assinado em Cuba entre o governo colombiano e as Forças Armadas Revolucionárias (Farc) logo após a visita do pontífice à ilha.

"Quando tive a notícia de que em março será assinado o acordo, disse: 'O senhor faça com que em março cheguemos com esta bela intenção porque faltam pequenas coisas, mas a vontade existe de ambas as partes. Existe", respondeu.

"Me senti parte no sentido de que eu sempre quis isto. Falei três vezes com o presidente Santos sobre este problema, e a Santa Sé está muito aberta a ajudar como puder". /EFE

Mais conteúdo sobre:
papa Francisco Farc Colômbia acordo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.