Papa se despede de centésima viagem ao exterior

O papa João Paulo II terminou hoje sua centésima viagem ao exterior, assegurando aos croatas que a fé e coragem da população levará o país a um futuro brilhante, apesar dos horrores da guerra. O papa regressou no começo da tarde a Roma."Obrigado a vocês, queridos croatas que me receberam com suas mãos e corações abertos", disse o João Paulo na despedida. "Conheço sua fortaleza, coragem e fé e estou certo que seus contínuos esforços farão com que vejam dias melhores", disse o papa enquanto uma multidão de mais de 100 mil pessoas gritava seu.Na viagem pela Croácia, quando a caravana do papa chegou a Zadar, passou em frente a um grande cartaz com a figura do general Ante Gotivina, fugitivo e acusado de cometer supostos crimes de guerra. "Um herói, não um criminoso de guerra", dizia o cartaz.As autoridades haviam arrancado vários cartazes do general antes da visita do Papa, mas deixaram o maior, temendo provocar revolta na população, que idolatra Gotivina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.