Papa visita região da Itália dominada pela máfia

O papa Francisco visitou neste sábado uma das regiões mais dominadas pela máfia na Itália e afirmou que nenhuma outra criança deveria morrer nas mãos do crime organizado. "Nunca outra criança deveria sofrer desta forma", disse o pontífice durante visita à cidade natal de "Coco" Campolongo, um menino de três anos morto a tiros por mafiosos em janeiro deste ano. O menino foi assassinado junto com o seu avô devido a uma dívida por drogas.

Agência Estado

21 de junho de 2014 | 12h21

Apesar do temor do Vaticano com a sua segurança, Francisco deve passar o dia na região da Calábria, dominada pela máfia mais poderosa do país, chamada ''Ndrangheta. O grupo mafioso é líder no comércio mundial de cocaína e a Calábria é uma importante região para o tráfico entre a América Latina e a Europa.

A viagem do papa também tem como objetivo destacar os problemas do tráfico na região e as dificuldades que a população jovem em escapar das atividades ilegais. Francisco descreveu a máfia como a "adoração do mal" e disse que os mafiosos estão excomungados. Fonte: Dow Jones e Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Papamáfia

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.