Paquistanês suspeita de ligação entre Al-Qaeda e atentado

A rede terrorista Al-Qaeda, de Osama bin Laden, pode estar envolvida na tentativa de assassinato do primeiro-ministro designado do Paquistão, against Shaukat Aziz, disse o ministro da Informação Sheikh Rashid Ahmed, neste sábado. No entanto, ele reconhece que não existem evidências claras que relacionem o grupo extremista ao fato. Até o momento, as investigações não chegaram a qualquer conclusão e nenhum grupo assumiu a autoria do atentado. No ataque suicida realizado na sexta-feira, oito pessoas morreram e mais de 40 ficaram feridas ? algumas em estado grave. O incidente aconteceu em Fateh Jang, perto da cidade de Attock, na província de Punjab, onde Aziz, atual ministro das Finanças, participava de um comício eleitoral. O primeiro-ministro e o prefeito de Attock, Tahir Sadiq, tinham acabado de entrar em um Mercedes blindado estacionado em uma área movimentada quando um homem se aproximou do veículo e detonou os explosivos que levava com ele. O motorista de Aziz, que ainda não havia fechado a porta blindada do carro, foi morto na explosão.

Agencia Estado,

31 de julho de 2004 | 03h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.