Paquistanês suspeito de colaborar com Al-Qaeda se entrega

Um líder tribal paquistanês, procurado por acusações de abrigar supostos membros da rede extremista Al-Qaeda, entregou-se às autoridades paquistanesas na região de fronteira com o Afeganistão, disse um funcionário do governo do Paquistão. Maulvi Shaukatullah, líder da tribo Bizankhel, entregou-se às autoridades de Wana, principal cidade da região tribal de Warizistão do Sul, disse o general Mahmood Shah, chefe de segurança regional. Acredita-se que centenas de supostos combatentes árabes, afegãos e centro-asiáticos da Al-Qaeda estejam escondidos em Warizistão do Sul, uma região tribal ultraconservadora. O líder rendido será agora submetido a interrogatório.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.