Paquistaneses farão interrogatórios em Guantánamo

Um grupo de agentes de inteligência do Paquistão deve partir em breve para Cuba, a fim de ajudar as autoridades americanas no interrogatório dos prisioneiros mantidos pelos EUA na base naval de Guantánamo, informaram fontes oficiais.Os paquistaneses irão se concentrar nos membros do Taleban ou da Al-Qaeda que possam ter tido acesso à liderança da organização de Osama bin Laden. O governo paquistanês ainda não confirmou oficialmente essa informação. No entanto, três membros do Ministério do Interior e da comunidade de informações disseram que a equipe seria formada por membros do serviço secreto paquistanês, a Inter-Services Intelligence (ISI); do Departamento de Investigações criminais e do próprio ministério.A decisão de enviar interrogadores paquistaneses a Guantánamo se segue à descoberta, pelo Exército americano, de que simpatizantes da Al-Qaeda e do Taleban, no Afeganistão, estão oferecendo um prÊmio de US$ 100.000 por ocidental morto ou capturado no país.Os paquistaneses teriam ?experiência especial? no processo de interrogatório, não só porque conhecem o pashtu, língua da maioria dos membros do Taleban, mas também por conhecerem a fundo a estrutura da organiação.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.