Paquistão: 4 soldados morrem em emboscada de separatistas

Pelo menos quatro soldados paquistaneses morreram e outros dois ficaram gravemente feridos em uma emboscada executada por militantes do Exército de Libertação do Baluchistão (BLA) no centro-oeste do país, informou nesta terça-feira, 10, uma fonte oficial.O ataque aconteceu na noite de segunda-feira, 9, no distrito de Kohlu, situado na região de Baluchistão, que se estende do centro até o sudoeste do Paquistão, quando um comboio das forças de segurança procurava grupos de insurgentes responsáveis pela destruição de postos elétricos e ferrovias."Quando o comboio estava perto da área de Tartani foi atacado com armas pesadas e morteiros. Um veículo de segurança explodiu por causa de uma bomba acionada por controle remoto, e morreram no ato quatro soldados, sendo que outros dois ficaram feridos", disse o diretor-geral de Relações Públicas Coordenada, o general Waheed Arshad.Segundo Arshad, as forças de segurança tomaram posições após o ataque e responderam ao fogo dos insurgentes, o que descambou em quatro horas de combate, no qual quatro rebeldes ficaram feridos.Segundo o porta-voz, o Exército enfrentou uma grande quantidade de armas e munição, e deteve 11 membros do BLA, uma organização que luta desde 2000 pelos direitos da minoria "baluch" e a independência da região, cujo território é dividido por Paquistão, Afeganistão e Irã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.