Paquistão abate avião dos EUA

Aeronave não-tripulada sofreu ataque perto da fronteira

Reuters, Islamabad, O Estadao de S.Paulo

24 de setembro de 2008 | 00h00

Militares e membros de tribos paquistanesas derrubaram ontem um avião não-tripulado dos EUA, na fronteira com o Afeganistão. O incidente foi confirmado por agentes da inteligência militar, mas desmentido por autoridades americanas. O avião teria caído em território paquistanês.Aliados na luta contra o terror, Paquistão e EUA vivem um acirramento das tensões desde que os americanos passaram a acusar os paquistaneses de tolerância com os grupos extremistas que atuam na fronteira com o vizinho Afeganistão. Na segunda-feira, as forças paquistanesas já tinham disparado contra um helicóptero militar dos EUA que violou seu espaço aéreo. O ataque ao avião não-tripulado é o terceiro incidente parecido em uma semana.Os ataques americanos com helicópteros e os vôos de aeronaves de observação têm sido cada vez mais freqüentes na região de fronteira entre o Afeganistão e o Paquistão."É realmente tão apavorante que nós simplesmente não podemos dormir quando ouvimos seus motores", diz Zia-ur-Rehman, morador do vilarejo de Hamzoni, próximo a Miranshah, onde ocorreu o incidente de segunda-feira. ONDA DE OFENSIVASPelo menos 50 pessoas morreram ontem numa ação militar paquistanesa na região de Darra Adam Kheil, 140 km a oeste da capital, Islamabad. No Vale de Swat, dez militantes que atacaram um posto policial também foram mortos pelas forças de segurança. Na noite de domingo, um homem-bomba detonou os explosivos que levava, matando nove soldados no mesmo local.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.