Paquistão ajudou a desmantelar plano para explodir aviões

Funcionários da inteligência paquistanesa ajudaram as agências britânicas para desmantelar um plano terrorista para explodir aviões americanos que partiriam da Grã-Bretanha, e prenderam dois ou três suspeitos nos últimos dias, disseram autoridades locais nesta quinta-feira."O Paquistão teve um papel muito importante em revelar e desmantelar essa rede internacional terrorista", disse um porta-voz do Ministério de Exteriores paquistanês, Tasnim Aslam. Segundo ele, os dois países vinham cooperando neste caso particular há algum tempo, e as prisões realizadas no Paquistão foram coordenadas com as autoridades britânicas.Aslam não deu detalhes sobre as prisões, incluindo o número de presos, suas identidades ou quanto foram presos. Mas um funcionário do alto escalão paquistanês, que só aceitou falar em condição de anonimato, disse que "duas ou três pessoas" suspeitas foram presas há alguns dias em Lahore e Karachi.No final da madrugada desta quinta-feira, policiais e os serviços de segurança britânicos prenderam 24 pessoas no que eles classificaram como um plano para explodir simultaneamente várias aeronaves que partiriam para os Estados Unidos. Os terroristas pretendiam utilizar explosivos escondidos na bagagem de mão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.