Paquistão anuncia prisão de membro iemenita da Al-Qaeda

Mohammed Ali Qasim trabalhava junto a líderes do grupo na fronteira entre Paquistão e Afeganistão.

BBC Brasil, BBC

17 de maio de 2011 | 15h03

O Exército do Paquistão informou nesta terça-feira que prendeu um importante membro da organização Al-Qaeda na cidade de Karachi, no sul do país.

O iemenita Mohammed Ali Qasim, também conhecido como Abu Suhaib al-Makki, trabalhava junto a líderes da organização na fronteira entre o Paquistão e Afeganistão, segundo comunicado do Exército.

Segundo os militares paquistaneses, a prisão foi um "grande progresso para descobrir como a rede Al-Qaeda está operando na região".

Um homem chamado Abu Suhaib al-Makki já foi apontado por um site jihadista como líder de um grupo de "afegãos árabes" no Afeganistão.

Comprometimento

Desde que o líder da rede Al-Qaeda, Osama Bin Laden, foi morto no Paquistão em uma operação dos Estados Unidos no início de maio, na cidade de Abbottabad, o comprometimento das forças de segurança paquistanesas na luta contra a organização tem sido questionado.

As autoridades do país negaram várias vezes as acusações de que sabiam que Bin Laden estava na cidade, próxima à capital, Islamabad. Os paquistaneses também negam que tenham ajudado Bin Laden a se esconder em Abbottabad.

Na segunda-feira, o senador americano John Kerry defendeu a operação que resultou na morte de Bin Laden durante uma reunião com líderes paquistaneses em Islamabad.

Kerry afirmou que o segredo que cercou a missão foi crucial para o sucesso da operação que resultou na morte do líder da Al-Qaeda e destacou a necessidade de Estados Unidos e Paquistão voltarem a ter um bom relacionamento e trabalharem juntos no combate ao terrorismo.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.