Paquistão caça terrorista que planeja ataques contra os EUA

Os serviços secretos do Paquistão estão à procura de Matiur Rehman, membro do grupo armado sunita "Lashkar-e-Janghvi" (LeJ), vinculado à organização terrorista Al-Qaeda. A operação de busca foi desencadeada depois de receberem informações de que o terrorista planeja atacar alvos americanos no país. Segundo fontes dos serviços de inteligência paquistanesas, as autoridades do país oferecem cerca de US$ 165 mil por informações que conduzam ao paradeiro do terrorista, um dos responsáveis pelo ataque suicida que causou a morte de um diplomata americano em 2 de março, em Karachi. Os serviços secretos paquistaneses receberam de seus colegas americanos a informação de que na década de 90 Matiur foi responsável pelo treinamento de milhares de terroristas em acampamentos da Al-Qaeda. Segundo a inteligência paquistanesa, o terrorista é considerado especialmente perigoso por atuar como elo entre os líderes deste grupo e terroristas islâmicos paquistaneses. O grupo LeJ é acusado de dezenas de assassinatos, incluindo o do jornalista americano Daniel Pearl.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.