Paquistão captura líder taleban na fronteira com Afeganistão

O exército paquistanês teria preso o clérigo Omar, porta-voz do proscrito Tehrik-e-Talibã Paquistão (TTP)

Efe,

18 de agosto de 2009 | 04h39

As forças de segurança paquistaneses detiveram um importante líder da insurgência taleban durante uma operação lançada na região tribal fronteiriça com o Afeganistão, informou nesta terça-feira, 18, um porta-voz militar. "Uma figura importante foi detida nas áreas tribais, mas ainda não podemos confirmar nada", se limitou a dizer o porta-voz do Exército paquistanês, Basir Haider.

 

Segundo a imprensa paquistanesa, o exército deteve o clérigo Omar, porta-voz do Tehrik-e-Talibã Paquistão (TTP), organização proscrita pelo governo que reúne diferentes grupos talebans do país.

O clérigo Omar, que tem base na demarcação tribal de Bajaur, era um dos porta-vozes mais ativos do TTP, embora nos últimos meses sua presença na imprensa tenha sido muito menor.

 

Omar foi um dos três membros da insurgência taleban a ter desmentido, nos últimos dias, a morte do líder Baitulá Mehsud, em um ataque americano no último dia 5. Os analistas consideram Omar uma pessoa próxima a Mehsud, apesar de sua base de operações estar a mais de 200 quilômetros do Waziristão do Sul, reduto do líder do TTP.

 

A polícia também deteve ontem à noite em Islamabad outro estreito colaborador de Mehsud quando recebia tratamento médico em um hospital da capital. Segundo as autoridades paquistanesas, que consideram a morte de Mehsud praticamente confirmada, há disputas internas na cúpula do taleban para escolher o sucessor do líder após sua suposta morte.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoAfeganistãoclérigo Omar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.