Paquistão captura mais 5 supostos membros da Al-Qaeda

Auxiliados por informações extraídas de supostos membros da Al-Qaeda detidos recentemente, policiais paquistaneses capturaram mais cinco suspeitos de pertencer à rede extremista nas últimas 48 horas, informaram autoridades. As mesmas informações também levaram à captura do suposto líder de um grupo militante acusado de tentar assassinar um oficial militar de Karachi, a maior cidade paquistanesa. As prisões são os resultados mais recentes de uma operação iniciada há um mês, na qual cerca de 30 pessoas foram detidas em diversas partes do país, inclusive um perito em informática que trabalharia para a Al-Qaeda e um tanzaniano procurado pelos atentados que, em 1998, deixaram mais de 200 mortos nas embaixadas dos Estados Unidos no Quênia e na Tanzânia. O aparente sucesso da operação reforçou o prestígio do presidente do Paquistão, general Pervez Musharraf, como aliado dos EUA na guerra travada pela Casa Branca contra o terrorismo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.