Paquistão detém líder de grupo separatista

As autoridades paquistanesas detiveram o militante anti-Índia Maulana Massud Azhar em sua residência na província central de Punjab, afirmou hoje o porta-voz do governo, general Rashid Qureshi. O militar disse que não podia indicar as razões da medida, que foi tomada em um momento de alta tensão entre a Índia e o Paquistão, em conseqüência de um ataque suicida realizado no última dia 13 deste mês contra o Parlamento indiano. O governo da Índia acusou pelo ataque dois movimentos islâmicos que têm sua base no Paquistão, o Lashkar-i-Taiba e o Jaish-i- Mohammad. Autoridades que não quiseram ser identificadas disseram que o detido é o chefe do Jaish-i- Mohammad. "Ele foi detido", acrescentou a fonte, "por ter violado uma proibição fazendo discursos provocadores e incitar a população a alterar a ordem pública, mas não foi formalmente acusado".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.