Paquistão detém suspeitos de conhecer Bin Laden

O Paquistão deteve nesta quarta-feira 43 afegãos supostamente relacionados com Osama bin Laden e o líder espiritual taleban, mulá Mohammad Omar disse um funcionário da guarda costeira. O major Mohammad Akram disse que os detidos foram levados para a cidade portuária de Karachi, onde estão sendo interrogados. O Paquistão deu um apoio considerado chave à coalizão antiterrorista dirigida pelos EUA. Desde a queda do regime taleban no vizinho Afeganistão, as autoridades aumentaram as medidas de segurança junto à fronteira afegã, deslocando tropas para evitar que combatentes talebans e da Al-Qaeda a cruzem em direção ao Paquistão. Mais de 250 talebans e membros da Al-Qaeda estão presos e sendo interrogados no Paquistão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.