Paquistão e Irã constroem gasoduto entre os dois países

O presidente do Paquistão, Asif Ali Zardari, está a caminho do Irã para participar de uma cerimônia que marca o início da construção, no território paquistanês, de um polêmico gasoduto que deve trazer gás natural do Irã, apesar da oposição norte-americana ao projeto

AE, Agência Estado

11 de março de 2013 | 03h37

Asif Ali Zardari se encontrará com o presidente iraniano, Mahmoud Ahmadinejad, para a cerimônia na fronteira entre os dois países.

O evento deve marcar o início da construção da gasoduto no Paquistão, uma vez que os iranianos dizem ter concluído o projeto em seu território até a fronteira.

O gasoduto conjunto do Irã e do Paquistão tem a intenção de ajudar o Paquistão a superar sua grande necessidade de energia em um momento em que o país está enfrentando um aumento apagões e falta de energia. Washington se opõe ao projeto porque quer isolar o Irã economicamente para pressionar Teerã sobre seu programa nuclear.

Os paquistaneses dizem que devem continuar com o projeto, apesar da pressão norte-americana.

As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
PAQUISTÃOIRÃGÁS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.