Paquistão espalha falsos vazamentos

Circularam ontem nos principais jornais paquistaneses falsos documentos secretos americanos, que teriam sido divulgados pelo WikiLeaks, com forte conteúdo anti-Índia. Nos telegramas, os diplomatas dos EUA descrevem os generais indianos como "egoístas e genocidas" e afirmam que Nova Délhi estaria dando apoio secreto a fundamentalistas hindus. As mensagens afirmam ainda que espiões indianos estariam ajudando militantes islâmicos na província paquistanesa do Baluchistão, uma das mais violentas do Paquistão. O jornal britânico The Guardian, um dos que têm acesso em primeira mão a todos os documentos, descobriu a farsa. Aparentemente, os falsos vazamentos surgiram em uma agência de notícias do governo, ligada aos militares paquistaneses, que estaria usando o WikiLeaks como forma de propaganda nacionalista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.