Paquistão extradita seqüestrador jordaniano

Um jordaniano sentenciado à prisão perpétua por sua participação no seqüestro de um avião da PanAm, que viajava entre Bombaim e Nova York em 1988, foi enviado de volta à Jordânia, informaram neste domingo fontes do governo do Paquistão.Zahid Hussain Al Abdul Latif Masood, também conhecido como Mustafa Hussein, cumpria a sentença de prisão perpétua em Rawalpindi. Ele foi entregue à custódia das autoridades jordanianas no fim da noite de sábado, disseram funcionários do governo sob condição de anonimato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.