Paquistão facilita fuga de civis do Swat

Governo declara cessar-fogo e ajuda população a deixar zona de conflito

AP, O Estadao de S.Paulo

16 de maio de 2009 | 00h00

Forças paquistanesas suspenderam ontem a ofensiva militar contra rebeldes taleban no Vale do Swat para permitir que milhares de civis fujam da região de conflito.O governo providenciou uma frota de ônibus e caminhões para retirar os civis. Só neste mês, quase 1 milhão de pessoas deixaram suas casas, levando consigo apenas roupas e alguns pertences. Mingora, capital do Swat, onde vivem 300 mil habitantes, transformou-se numa cidade fantasma, sem água, eletricidade, comida e hospitais.Moradores dizem que militantes do Taleban e da Al-Qaeda estão se entrincheirando nas ruas da cidade, à espera de mais uma ofensiva das forças do governo.A decisão de atacar os rebeldes no oeste do Paquistão foi tomada há um mês, depois do fracasso da estratégia de diálogo e concessões que vinha sendo implementada pelo presidente paquistanês, Asif Ali Zardari.Tentando ganhar a confiança dos rebeldes, o presidente chegou a permitir, em fevereiro, que os extremistas aplicassem a rígida lei islâmica (Sharia) nos distritos do Vale do Swat. A concessão deu força para o Taleban estender sua presença a apenas 100 quilômetros da capital, Islamabad.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.