Paquistão: governo e Taleban iniciam negociação de paz

Uma equipe do governo paquistanês se dirigia nesta quarta-feira para uma locação secreta no noroeste do país para as primeiras negociações diretas com o Taleban da história do país, de acordo com um clérigo que representa os militantes.

AE, Agência Estado

26 de março de 2014 | 12h05

As negociações integram um esforço do governo do primeiro-ministro do Paquistão, Nawaz Sharif, para negociar um acordo de paz com o Taleban que poderia encerrar uma insurgência sangrenta que matou milhares de pessoas nos últimos anos.

De acordo com Ibrahim Khan, professor e clérigo que representa o Tehrik-e-Taliban Paquistão, como o Taleban paquistanês é formalmente chamado, as discussões ao vivo devem ocorrer ainda hoje em um local não revelado na região tribal no noroeste do país, perto da fronteira com o Afeganistão.

A equipe paquistanesa, comandada pelo funcionário do governo Habibullah Khan Khattak, foi de helicóptero para o local das negociações, descrito como uma "zona de paz" por Khan. As conversas ocorrem um momento sensível para o Paquistão, em que ataques diários de militantes desafiam a autoridade do governo.

O Taleban, que opera no noroeste do país, anunciou um cessar-fogo durante as negociações, mas ataques reivindicados por grupos dissidentes continuaram. O porta-voz do grupo Shahidullah Shahid negou o envolvimento em episódios de violência recente. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãopaznegociaçãotaleban

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.