Paquistão incentiva violência, acusa Karzai

O presidente afegão, Hamid Karzai, acusou ontem o serviço secreto do Paquistão de estar por trás do ataque à Embaixa da Índia em Cabul, no dia 7. "Advertimos ao governo do Paquistão e ao mundo: a violência, as mortes e a destruição no Afeganistão são cometidos pelos serviços de inteligência paquistaneses", denunciou Karzai num comunicado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.