Paquistão investiga suposta morte de líder do taleban

As forças armadas paquistanesas estão investigando a possível morte do líder do Taleban no país, Hakimullah Mehsud, após uma reportagem veiculada hoje pela emissora estatal PTV. A emissora afirmou, citando fontes anônimas, que Mehsoud foi enterrado na sexta-feira, no distrito tribal de Orakzai.

AE, Agencia Estado

31 de janeiro de 2010 | 14h02

"Eu não tenho confirmação. Minhas fontes ainda não confirmaram se ele está vivo ou morto," disse o porta-voz das forças armadas, General Athar Abbas.

O Ministro do Interior, Rehman Malik, disse para o canal de TV independente ARY News que o governo também está averiguando a informação. "Estamos ouvindo essa notícia há dias. Ouvimos de várias fontes que ele foi morto," disse Malik.

As especulações sobre a morte de Mehsud começaram depois de um bombardeio dos Estados Unidos em 14 de janeiro, no Waziristão, a noroeste do Paquistão. Dois dias depois, duas gravações foram divulgadas, supostamente de Mehsoud negando sua morte. Na época, oficiais de segurança disseram que Mehsoud podia ter sido ferido no ataque.

As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.