Paquistão liberta sete prisioneiros membros do Taleban

O governo do Paquistão informou neste sábado que vai liberar mais sete prisioneiros membros do Taleban com o objetivo de facilitar o processo de paz e atingir uma solução para a guerra no vizinho Afeganistão, anunciou o ministro de Assuntos Externos do país.

AE, Agência Estado

07 de setembro de 2013 | 18h29

O comunicado não deixou claro se as libertações já aconteceram ou estão em processo. Cerca de 26 outros detentos do Taleban foram libertados durante o ano passado na tentativa de solucionar o complicado processo, mas alguns criticam essas libertações por acharem que elas não são suficientes para convencer o Taleban a negociar. Existem também preocupações de que os homens libertados possam voltar ao combate.

O ministro de Assuntos Externos identificou os sete membros do Taleban que serão libertados como Mansoor Dadullah, Said Wali, Abdul Manan, Karim Agha, Sher Afzal, Gul Muhammad e Muhammad Zai.

O nome mais conhecido entre eles, é Dadullah, que foi capturado em fevereiro de 2008 pelas forças paquistaneses em Baluchistan, mas não se sabe ao certo que posto ele ocupa dentro do Taleban afegão.

Mais conteúdo sobre:
PaquistãoTalebanlibertação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.