Paquistão nega ter delatado agente da CIA

Um funcionário da agência de inteligência do Paquistão desmentiu ontem energicamente que a entidade tivesse sido a responsável pela divulgação da identidade do principal agente da CIA, o organismo americano de espionagem, no país. Ameaçado de morte, o espião americano teve de ser retirado às pressas do país por razões de segurança. O informante seria o responsável por ataque com aviões não tripulados a redutos da Al-Qaeda.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.