Paquistão prende importante membro da Al-Qaeda

Abu Sohaib Al Makki foi preso em Karachi; material de inteligência também foi apreendido

Agência Estado

17 de maio de 2011 | 12h42

ISLAMABAD - As forças de segurança paquistanesas prenderem um graduado membro da Al-Qaeda, Muhammad Ali Qasim Yaqub, conhecido como Abu Sohaib Al Makki, informaram os militares nesta terça-feira, 17. A prisão ocorreu na cidade de Karachi, no sul, uma das mais importantes do Paquistão.

 

Veja também:

especialAs franquias da Al-Qaeda

especialA trajetória de Osama bin Laden

especialPasso a passo da caçada a Bin Laden

Não está claro se a prisão tem qualquer relação com a morte de Osama bin Laden, o líder da Al-Qaeda, em uma operação de forças norte-americanas em território paquistanês em 2 de maio.

 

A operação que matou o líder extremista também resultou na apreensão de material de inteligência da rede, que ficou em poder dos Estados Unidos.

A assessoria de imprensa dos militares do Paquistão afirmou em nota que, segundo as investigações preliminares, Al Makki "é um cidadão iemenita e trabalhava diretamente com líderes da Al-Qaeda nas fronteiras de Paquistão e Afeganistão".

 

A detenção foi apontada como uma novidade importante na luta contra a Al-Qaeda na região. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
PaquistãoAl-Qaedaprisão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.