Paquistão prende sete suspeitos de pertencer à Al-Qaeda

Agentes paquisteneses prenderam neste domingo sete suspeitos de pertencer à organização terrorista Al-Qaeda. Funcionários da inteligência do país comandaram uma operação de busca num distrito de Karachi, no sul do Paquistão. Sem se identificar, um destes agentes disse que os presos são cinco homens e duas mulheres. Dois dos homens são egípcios, três são afegãos e as duas mulheres são árabes.Não foram divulgados detalhes sobre o grau de cada um dos suspeitos na organização, supondo-se que eles sejam de fato da Al-Qaeda. O Ministro da Informação paquistanês, Sheikh Rashid Ahmed, disse que ?um deles é um homem conhecido?, mas não informou sua graduação na rede de Osama bin Laden.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.