Paquistão prende três suspeitos de ataques em Lahore

A polícia paquistanesa afirmou que prendeu três homens supostamente treinados pela agência de espionagem da Índia para realizar ataques no território do Paquistão. Os três paquistaneses foram presos hoje em uma vila perto da fronteira indiana, no leste do país, segundo o chefe de polícia de Lahore, Pervaiz Rathor. De acordo com o policial, os homens são suspeitos de envolvimento em um ataque em Lahore, em 2006, que deixou dois mortos.Segundo o policial, o trio foi instruído a atacar mesquitas da organização muçulmana linha-dura acusada de envolvimento nos ataques a Mumbai, capital financeira da Índia, em novembro. A Índia e os Estados Unidos culpam militantes paquistaneses pelos ataques. O Paquistão condenou os ataques em Mumbai e se comprometeu a punir qualquer responsável por eles que encontre em seu território.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.