Paquistão rejeita alegações de secretário americano

O Paquistão rejeitou alegações feitas pelo secretário de Defesa dos Estados Unidos, Leon Panetta, de que está permitindo que militantes utilizem o seu território para orquestrar ataques contra as forças americanas no vizinho Afeganistão. O comunicado divulgado neste sábado pelo ministro de Relações Exteriores do Paquistão informa que as declarações de Panetta nesta semana em Cabul foram "inapropriadas e inúteis em trazer paz e estabilidade à região."

AE, Agência Estado

09 de junho de 2012 | 09h11

As relações entre Islamabad e Washington recentemente ficaram estremecidas em uma série de questões, incluindo o fechamento da fronteira paquistanesa para os caminhões da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), em resposta à morte de 24 soldados do Paquistão por forças da Otan. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
PaquistãorecusaEUA

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.