Paquistão só soube de ação dos EUA após seu início

O ministro de Interior do Paquistão, Rehman Malik, disse hoje à rede de televisão árabe Al-Arabiya que soube da ação dos Estados Unidos para matar Osama bin Laden apenas 15 minutos após seu início, mas não tinha ideia de qual era o alvo. Helicópteros e tropas em terra dos EUA realizaram pelo menos 40 minutos de operação, matando o líder da Al-Qaeda e levando o corpo dele de uma casa próxima da capital paquistanesa, Islamabad, em 2 de maio.

AE, Agência Estado

09 de maio de 2011 | 09h56

Hoje, o primeiro-ministro paquistanês, Yousaf Raza Gilani, falará ao Parlamento sobre a operação norte-americana. Os paquistaneses criticam a ação dos EUA, realizada sem autorização do governo do Paquistão, e também atacam o fato de os militares locais deixarem Bin Laden vivendo sem problemas no território, talvez até com o apoio ativo de autoridades. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.