Paquistão terá eleições, mas não se sabe quando, diz premiê

O governo do Paquistão estácomprometido em realizar eleições nacionais, mas ainda não sabequando, afirmou no domingo o primeiro-ministro Shaukat Aziz. Navéspera, o presidente Pervez Musharraf declarou estado deemergência para, segundo ele, lidar com militantes islâmicos eum Judiciário hostil. "Estamos comprometidos em assegurar que as eleiçõesaconteçam e que o processo democrático floresça no Paquistão",disse Aziz a jornalistas. "Como resultado do que aconteceupoderá haver algumas diferenças de cronograma, mas nenhumadecisão foi tomada ainda." De acordo com ele, a emergência anunciada no sábado porMusharraf será o mais curta possível. Ele afirmou ainda que entre 400 e 500 pessoas foram detidaspor medida de prevenção. (Reportagem de Simon Gardner)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.