Paquistão testa com sucesso míssil de potencial nuclear

O Paquistão testou com sucesso o míssil Babur com capacidade nuclear nesta quinta-feira, 22. Também chamado de Hatf VII, ele pode levar vários tipos de ogivas, além de despistar radares. O alcance é de 700 quilômetros, de acordo com informações das Forças Armadas do país. "O teste integra as esforços do Paquistão para consolidar a capacidade estratégica e fortalecer a seguridade nacional", esclarece comunicado oficial do exército. "Babur foi testado com sucesso com novos parâmetros técnicos e capacidade ampliada", assinalou o major general Waheed Arshad, porta-voz do exército. O primeiro modelo do Babur foi testado em 2005. O experimento desta quinta-feira incluiu um alcance maior, disse um oficial. A rotina de vários testes com mísseis potencialmente nucleares que integram seu arsenal pode indicar que o Paquistão tem a intenção de manter a disputa com a Índia, país rival e vizinho. Os dois países tem uma história de relações hostis. Ambos começaram os teste nucleares não oficiais em maio de 1998. Entretanto, desde 2004 eles começaram uma série de negociações para normalizar as relações e pôr um fim nos desacordos pela disputa do território da Caxemira.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.