Paquistão testa com sucesso novo modelo de míssil

O Paquistão testou com sucesso neste sábado um míssil balístico capaz de carregar ogivas nucleares como parte de seu programa militar para fazer frente à Índia, seu tradicional rival. O míssil Ghauri pode levar todo tipo de ogiva, explicou o general Shaukat Sultan durante o teste do míssil, cujo alcance é de até 1.500 quilômetros.O teste ocorre uma semana depois da posse do novo governo na Índia, que prometeu manter o diálogo com o Paquistão. Neste sábado, o novo ministro das Relações Exteriores da Índia, Natwar Singh, disse que seu governo buscará a paz com o Paquistão com base em um tratado de 1972, segundo o qual os dois países devem buscar um acordo sem a ajuda de governos estrangeiros.Analistas encaram o teste do Ghauri como um sinal enviado pelo Paquistão de que não vai baixar a guarda, apesar das promessas de paz. Não houve comentários imediatos do governo indiano sobre o teste. Segundo Sultan, Nova Dhéli foi previamente avisada sobre o teste. O Paquistão já testara em março o míssil Shaheen II, com alcance de 2.000 quilômetros.NegociaçõesHoje vieram à tona informações segundo as quais Sonia Gandhi, líder do novo partido governista indiano, provavelmente aceitaria um convite para visitar em breve o vizinho Paquistão. Está previsto para junho o início de negociações entre Índia e Paquistão com relação à Caxemira, uma disputada região fronteiriça que motivou duas das três guerras travadas pelos dois países desde 1947, quando tornaram-se independentes da Grã-Bretanha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.