Paquistão testa míssil antes de discussões de paz com Índia

O Paquistão testou com sucesso um míssil de curto alcance com capacidade nuclear neste sábado, 3, pouco antes de iniciar discussões de paz com a arqui-rival vizinha Índia. O lançamento do míssil balístico Abdali, com alcance de 200 quilômetros, foi feito de um local não revelado, segundo comunicado militar divulgado em Rawalpindi, cidade próxima à capital Islamabad.Este foi o segundo teste paquistanês de míssil com capacidade nuclear em menos de um mês. No dia 23 de fevereiro o país testou um míssil balístico de longo alcance (2 mil quilômetros).O Paquistão e a Índia têm uma história de relações difíceis, tendo disputado três guerras desde a independência da Grã-Bretanha, em 1947. Os dois rivais nucleares do Sul da Ásia realizam testes com mísseis freqüentemente.A Índia tornou-se poder atômico em 1974. O Paquistão realizou o primeiro teste nuclear subterrâneo em 1998 em resposta aos testes realizados por Nova Deli. O míssil Abdali é uma homenagem a Ahmad Shah Abdali, o rei afegão do século 18 que atacou a Índia, sendo acusado de roubar riqueza do país.As relações entre o Paquistão e a Índia melhoraram desde o início do processo de paz, em 2004. Entre as principais questões pendentes está a disputa sobre a Cachemira. Os dois países realizarão uma nova rodada de discussões em Islamabad nos dias 13 e 14 de março.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.