Paquistão tomará região tribal em fronteira, diz general

O Paquistão vai retomar o controle de uma região tribal na fronteira com o Afeganistão dentro de "dois ou três meses", disse hoje o general Tariq Khan ao analisar uma ofensiva contra militantes armados ligados à rede extremista Al-Qaeda e a grupos pró-Taleban. Tariq Khan conversou com jornalistas numa viagem organizada pelo Exército à região de Bajur, no noroeste paquistanês. Segundo ele, desde o início do mês passado, quando começou a ofensiva, entre 500 e 800 supostos rebeldes morreram e cerca de 2 mil ficaram feridos.Ao mesmo tempo, 63 soldados paquistaneses morreram e 212 ficaram feridos, disse ele. Acredita-se que cerca de 5 mil militantes lutem contra as forças do governo. Os rebeldes islâmicos dominam áreas importantes da remota fronteira entre o Paquistão e o Afeganistão. Ainda assim, o general Khan previu que o Exército paquistanês recuperará Bajur "dentro de dois ou três meses".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.