Paquistão vai julgar ex-presidente Musharraf por traição

Islamabad, 17/11/2013 - O ministro do Interior do Paquistão disse que o governo planeja colocar o ex-presidente Pervez Musharraf em julgamento por traição.

Agência Estado

17 de novembro de 2013 | 13h13

O ministro do Interior, Chaudhry Nisar Ali Khan, disse neste domingo que o governo colocaria Musharraf em julgamento nos termos do artigo 6º da Constituição por declarar estado de emergência em 2007 e suspender a Constituição.

Khan afirmou que o governo iria enviar uma carta ao Supremo Tribunal na segunda-feira pedindo para iniciar o processo por traição.

Msharraf seria o primeiro governante militar julgado por traição em um país que passou por três golpes militares em sua história de 66 anos. O ex-presidente pode enfrentar a pena de morte ou prisão perpétua se for condenado por traição. Fonte: Associated Press

Mais conteúdo sobre:
Paquistãojulgamentotraição

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.