Paquistão voltará atrás na demissão de chefe de Justiça

Uma fonte sênior do governo do Paquistão disse que o demitido chefe de Justiça Iftikhar Mohammad Chaudhry será reempossado no final do mês, em uma decisão que tem potencial de aliviar a crise política no país. Os líderes da oposição e advogados estão marchando em direção a capital Islamabad para exigir o retorno de Chaudhry.

AE-AP, Agencia Estado

15 de março de 2009 | 20h18

Essa fonte disse hoje que Chaudhry será reempossado depois da aposentadoria do atual chefe de Justiça. O primeiro-ministro do Paquistão deve fazer um anúncio formal amanhã.

O porta-voz da presidência Farhatullah Babar disse que o primeiro-ministro, Yousuf Raza Gilani, vai em breve dar "boas notícias" para o país que "encerraria a crise".

Tudo o que sabemos sobre:
Paquistãocrise política

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.