Para arqueólogos, Stonehenge era um templo de cura

Círculo de pedras seriam uma espécie de 'Lourdes primitiva', que atraía peregrinos

AE/AP, Agencia Estado

22 de setembro de 2008 | 13h48

Dois arqueólogos britânicos, Geoffrey Wainwright e Timothy Darvill, afirmaram hoje terem descoberto o principal motivo por trás da construção de um dos mais conhecidos e menos compreendidos monumentos da antiguidade: o Stonehenge. Para os britânicos, as pedras de Stonehenge, um círculo de pedras construído há milhares de anos, seriam uma espécie de "Lourdes primitiva", que atraía peregrinos de todos os cantos da Europa na Pré-História em busca de cura.       Veja também: Cientistas datam construção de Stonehenge de 2300 a.C."Nós descobrimos diversas razões para acreditar que as pedras foram dispostas como parte de uma crença em um processo de cura", disse Wainwright a jornalistas reunidos em Londres.Wainwright e Darvill, os primeiros arqueólogos a escavarem o Stonehenge em mais de 40 anos, disseram que a chave para sua teoria é a existência de um duplo círculo de pedra-lípes, uma rocha rara, bem no centro do monumento.A presença das pedras-lípes na antiguidade ficou mais evidente quando os dois cientistas encontraram uma montanha de detritos dessa rocha durante as escavações. "Pedaços de pedra-lípes também foram encontrados em tumbas no entorno de Stonehenge", acrescentou Wainwright.Ainda de acordo com ele, a prova não está apenas nas rochas, mas também nos ossos. Esqueletos recuperados do local mostraram sinais de graves doenças ou ferimentos. "As pessoas estavam em um estado de aflição, se é que posso dizer isso assim tão educadamente, quando iam ao monumento de Stonehenge", disse Darvill.As evidências, prosseguiram eles, apontam para que o local funcionasse como um centro de peregrinação ao qual iam pessoas de todas as partes da Europa em busca de cura. Os cientistas, no entanto, não descartam a possibilidade de o Stonehenge ter outras funções. "Ali poderia ser um templo, assim como um centro de cura. Como Lourdes, por exemplo, é um centro religioso", comparou Darvill.O Stonehenge é alvo constante de debates e especulações referentes a sua função para os primórdios da Europa. Enquanto alguns consideram o local um templo de devoção ao sol, outros afirmam que o Stonehenge seria um cemitério sagrado. Há ainda quem acredite se tratar de uma calculadora astronômica pré-histórica.

Tudo o que sabemos sobre:
GBarqueologiaStonehenge

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.