Para assessor do Planalto, punição no Mercosul é 'didática'

O assessor internacional da Presidência, Marco Aurélio Garcia, afirmou ontem que a suspensão do Paraguai do Mercosul e da Unasul "não foi só uma medida prática", mas também "didática". "Servirá (de alerta) para outros que queiram romper a legalidade saberem que estarão sujeitos às normas", disse, afirmando que a medida ajudará a dar estabilidade à região. "É uma espécie de Valium (calmante) para todo mundo ficar tranquilinho." / TÂNIA MONTEIRO

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.