Para entender

A cada dois anos, os americanos vão às urnas para eleger os 435 deputados da Câmara dos Representantes e um terço do Senado (36 das 100 vagas). Outros 39 Estados e territórios escolherão seus novos governadores. Conhecida como eleição de meio de mandato, a votação de 2 de novembro funciona como um termômetro político e terá o efeito de referendo sobre o presidente Barack Obama. A eleição pode condenar o presidente a seus dois últimos anos de mandato sem o atual conforto da maioria no Congresso e emperrar projetos importantes. Os republicanos, que detinham a liderança do Congresso desde 1994, perderam a maioria para os democratas em 2006. A eleição para governador pode significar uma vantagem na presidência em 2012. O Tea Party, movimento radical da direita republicana, roubou a cena no partido, mas não se sabe se conseguirá garantir vitória nas urnas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.