Para EUA, relatório mostra que Iraque desobedece à ONU

Os EUA estão preparados para declarar que a resposta do Iraque às exigências da ONU foi inadequada e que não há nada no relatório dos inspetores, apresentado hoje, que indique uma disposição iraquiana de obedecer. O embaixador americano John Negroponte também lembrará que a resolução aprovada de forma unânime pelo Conselho de Segurança em novembro conclamava pelo desarmamento do Iraque - e não apenas pela contenção dos programas de armas, disse uma fonte do governo americano à Associated Press.Embora haja alguns pontos positivos no relatório dos dois meses de inspeções e buscas por armas ocultas, não há nenhuma indicação de que o Iraque irá obedecer à resolução, disse a fonte, sob condição de manter-se anônima. O secretário de Estado Colin Powell deve dar a resposta oficial ao relatório ainda hoje.A Casa Branca reagiu com frieza ao apelo do secretário-geral da ONU, Kofi Annan, para que as inspeções de armas tivessem o prazo ampliado. O porta-voz Ari Fleischer disse que o Iraque está ?enrolando? os inspetores. Fleischer disse ainda que ?o presidente (Bush) não definiu um tempo para isso. O presidente disse, porém, que o tempo está acabando?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.