Para Havana, medidas dos EUA são limitadas

O governo de Cuba afirmou que a flexibilização de viagens e remessas de dinheiro para a ilha, anunciada pela Casa Branca, é positiva, mas de alcance limitado, pois mantém intacto o embargo a Havana. A declaração, divulgada na noite de domingo, foi a primeira reação oficial de Cuba, que assinalou que as medidas "confirmam que não há vontade para mudar a política de bloqueio e desestabilização contra o país".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.