AP Photo/Mary Altaffer
AP Photo/Mary Altaffer

Para Hillary, imprensa está 'sob ataque' no governo Trump

Ex-secretária de Estado e candidata à Casa Branca derrotada em 2016 comparou administração atual dos EUA com um regime autoritário

O Estado de S.Paulo

23 Abril 2018 | 12h39

NOVA YORK - A ex-secretária de Estado dos EUA Hillary Clinton afirmou que a imprensa e a liberdade de expressão estão "sob ataque" no governo de Donald Trump e comparou a administração do atual presidente a um regime autoritário. Os comentários foram feitos pela candidata democrata à Casa Branca derrotada na eleição de 2016 na noite do último domingo, 23, durante uma palestra.

Hillary não economizou críticas e disse que Trump parece rejeitar o papel da imprensa livre em uma democracia. Para ela, o presidente americano está em "uma guerra total contra verdade, os fatos e a razão". "Quando os líderes negam aspectos que podemos ver com nossos olhos, como o tamanho de uma multidão no discurso de posse, quando se recusam a aceitar ciência estabelecida sobre os desafios urgentes da mudança climática - é o início de uma era do fim da liberdade", afirmou.

Segundo a ex-secretária, não é de admirar que seu oponente na disputa eleitoral tenha falado sobre aprisionar jornalistas. "É surpresa para alguém que ele tenha brincado sobre prender repórteres para fazê-los revelar informações?", questionou Hillary. Este foi o único momento durante toda a palestra em que ela se referiu às revelações dos memorandos do ex-diretor do FBI, James Comey. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.