AP
AP

Para imprensa britânica, encontro entre Cameron e Cristina foi 'emboscada'

A presidente argentina pediu para ele cumprir as resoluções da ONU

Ansa,

20 de junho de 2012 | 15h35

LONDRES - A imprensa britânica classificou como uma "emboscada argentina" o encontro entre o primeiro-ministro britânico, David Cameron, e a presidente do país sul-americano, Cristina Kirchner, por ocasião da Cúpula do G20, que se enfrentaram em uma discussão sobre a soberania das Ilhas das Malvinas.

Veja também:

link Cristina e Cameron discutem durante encontro do G-20

tabela ESPECIAL: Guerra das Malvinas

Cameron procurou Cristina para agradecer o apoio dado às propostas de reformas bancárias europeias e aproveitou para falar sobre o tema das Malvinas, pedindo que ela respeitasse a posição dos moradores do arquipélago, que será definido em um referendo no primeiro semestre de 2013.

Como resposta, a mandatária pediu para ele cumprir as resoluções da Organização das Nações Unidas (ONU) e tentou entregar uma carta com os pontos tratados pelo órgão mundial, que Cameron recusou.

O jornal The Independent publicou uma matéria com o título "Emboscada da Argentina no G20 enfureceu Cameron", na qual afirmou que a briga pelas Malvinas "tomou um novo rumo", enquanto o The Sun, mais sensacionalista, deu como manchete: "Primeiro-ministro em guerra com a presidente argentina".

A BBC, por sua vez, esclareceu que Cameron confrontou Cristina, pedindo seu respeito pelos islenhos, como são conhecidos os moradores do arquipélago, e que a presidente respondeu que antes é preciso que a Grã-Bretanha cumpra o mandado da ONU, que estabelece que os dois países iniciem um diálogo.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.