Para Israel, resultado da eleição no Egito é perturbador

O ministro de Defesa de Israel, Ehud Barak, disse que os resultados preliminares da eleição parlamentar no Egito são "muito, muito perturbadores". Embora poucos resultados oficiais tenham sido divulgados até o momento, os dados recebidos até agora indicam que partidos muçulmanos, liderados pelo Irmandade Muçulmana, conseguirão uma clara maioria.

AE, Agência Estado

03 de dezembro de 2011 | 15h37

Barak disse esperar que o primeiro parlamento do Egito eleito após a derrocada do ex-presidente do país, Hosni Mubarak, respeite os tratados internacionais, entre eles um acordo de paz assinado em 1979 assinado com Israel.

A eleição no Egito será feita em estágios e o resultado final será conhecido apenas no ano que vem. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelEgitoeleição

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.