Para Kuwait, Opep deve reduzir produção em até 2 milhões b/d

Moussa Maarafi, integrante do Conselho Supremo de Petróleo do Kuwait, afirmou que a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep) deveria reduzir sua produção em algo entre 1,5 milhão e 2 milhões de barris por dia, de modo a manter o preço do produto em torno de US$ 50 por barril, informa a agência de notícias Kuna, do governo kuwaitiano.Segundo Maarafi, a redução de produção acertada pela Opep em sua reunião de 24 de outubro não foi suficiente para dar sustentação aos preços e o mercado precisa de um novo corte. A Opep tem reunião marcada para a quarta-feira, dia 17, em Argel (Argélia).O dirigente kuwaitiano também ressaltou que é crucial que todos os países membros da Opep cumpram as metas de produção acertadas na reunião. Ele acrescentou que se o preço cair para US$ 40 por barril, isso afetará negativamente os projetos de exploração e de ampliação da capacidade de produção, o que teria um impacto negativo na oferta de petróleo no futuro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.